Saúde no Clique » Urologia » Cirurgia de Fimose

Cirurgia de Fimose

Compartilhar no Facebook

A fimose é a incapacidade de expor a cabeça do pênis (glande) quando a pele que a cobre (prepúcio) é puxada. Quanto mais cedo a cirurgia da fimose for feita, mais confortável é o pós operatório, mas a chances do problema ficar resolvido são menores. Quanto mais tarde a pessoa operar, pior é o pós operatório, porém há mais garantias de que o problema fique resolvido.

Como é feita a cirurgia de fimose?

Uma anestesia local é aplicada com uma agulha muito fina e pequena, como aquela que é usada para aplicar insulina. Um minuto após a aplicação o paciente já não sente dor, sendo então retirado o prepúcio. No fim da cirurgia é feito um curativo e não existe dor quando o efeito da anestesia passa. O procedimento todo leva cerca de uma hora.

Pós operatório e recuperação da cirurgia de fimose

Após a cirurgia o pênis fica inchado e pode haver desconforto ao urinar. Deve-se evitar encostar a glande na roupa ou fralda. É recomendado ficar de repouso, fazer compressas frias na região, não molhar o curativo e só trocá-lo no dia seguinte. Se necessário tomar um analgésico.

Na manhã seguinte o curativo deve ser removido delicadamente e pode sair uma secreção meio marrom ou mesmo sangue, mas é normal. Lavar o local com água e sabonete, secar, passar uma pomada anestésica receitada pelo médico e cobrir os pontos com uma gaze esterilizada até que os cortes sequem. Os pontos caem naturalmente nos dias a seguir.

Cirurgia da fimose em adultos

Um dos motivos que torna o pós cirúrgico mais difícil na idade adulta é o fato de alguns homens sentirem dores e terem problemas com os pontos por causa de ereções involuntárias quer acontecem durante a noite. Quando isso acontecer, é aconselhável molhar os pulsos. Se os pontos tiverem sido bem feitos não estouram. O ato sexual é permito 30 dias após a cirurgia da fimose.

Cirurgia da fimose infantil em bebês

A cirurgia é indicada quando o bebê deixa de usar fraldas, por volta dos 2 anos e meio de idade. As massagens que alguns pais fazem no banho para evitar uma cirurgia podem ser prejudiciais ao bebê causando fissuras na região e que quando cicatrizam agravam ainda mais o problema. Além disso, não existe nenhum estudo que comprove a eficácia desse método. Se a criança tiver mesmo fimose ela não irá ceder com a massagem.

A circuncisão logo após o nascimento é indicada quando o estreitamento do prepúcio causa dores, inflamações e infecções urinárias. Há ainda quem recomende que a cirurgia da fimose em crianças seja feita entre os 7 e 10 anos de idade. No mesmo dia a criança deixa o hospital e após 4 dias já pode retornar às suas atividades, devendo evitar os exercícios durante cerca de 3 semanas.

Veja também