Como Baixar a Pressão Alta Naturalmente

Para baixar a pressão alta naturalmente é preciso alterar a alimentação e adquirir hábitos e estilo de vida mais saudáveis, conforme as dicas que se seguem:

  • Diminuir o sal: O consumo excessivo de sal é uma das principais causas de pressão alta. A dose diária recomendada é de 1 colher de chá de sal de cozinha, o que pode facilmente ser ultrapassado sem alguns cuidados. Trocar o sal por especiarias na hora de preparar a comida, evitar alimentos enlatados e industrializados são algumas formas de reduzir o sal na alimentação;
  • Praticar exercícios físicos: A atividade física regular pode baixar consideravelmente a pressão alta. Os exercícios devem ser feitos pelo menos 4 vezes por semana, durante uma hora, ou todos os dias durante 30 minutos. Andar, correr, andar de bicicleta, nadar, dançar, fortalecimento muscular, são algumas das opções;
  • Perder peso: O excesso de peso sobrecarrega o coração. Emagrecer alivia o coração e pode fazer baixar a pressão alta;
  • Reduzir o consumo de álcool: O consumo excessivo de álcool pode causar hipertensão arterial. Recomenda-se beber durante as refeições para atenuar os efeitos da bebida;
  • Não fumar: O cigarro aumenta a rigidez das artérias, causando aumento da pressão arterial;
  • Diminuir o estresse: Sabe-se que níveis de estresse elevados podem deixar a pressão alta;
  • Beber menos café: Recomenda-se beber 2 xícaras de café por dia, mesmo para os que não têm hipertensão;
  • Consumir soja: A soja possui isoflavona, uma substância que provoca dilatação nos vasos sanguíneos, contribuindo para baixar a pressão alta. O queijo tofu e a proteína de soja são algumas das melhores maneiras de usufruir dos benefícios desse alimento;
  • Comer melancia: Uma substância chamada L-citrulina presente na melancia favorece a formação de óxido nítrico, um gás natural que provoca vasodilatação e ajuda a baixar a pressão arterial;
  • Aumentar o consumo de potássio: Alimentos como a banana, o molho de tomate, o mamão, o melão, entre outros, são ricos em potássio, um mineral que melhora a elasticidade das artérias e contribui, desta forma, para a diminuição da pressão alta.