Saúde no Clique » Bula de Remédios » Dorflex

Dorflex

Compartilhar no Facebook

O remédio Dorflex é um analgésico e relaxante muscular que contém em sua composição os princípios ativos citrato de orfenadrina, dipirona e cafeína, podendo ser encontrado na forma de solução ou comprimidos. Existe também o Dorflex P que contém paracetamol, atuando da mesma forma como analgésico e relaxante muscular mas com indicações um pouco mais abrangentes.

Indicação do Dorflex

O Dorflex é indicado para aliviar dores relacionadas com contraturas musculares, seja a dor resultado de um processo inflamatório ou traumático. Também pode ser usado para aliviar dores de cabeça relacionadas com tensões musculares.

O Dorflex não é indicado para febre. Em casos de suspeita de dengue não se deve tomar Dorflex sem prescrição médica.

Contra-Indicações do Dorflex

  • Não deve ser usado durante a gravidez;
  • Intolerância a qualquer um dos componentes da fórmula;
  • Não deve ser utilizado em indivíduos com glaucoma, obstrução pilórica ou duodenal, acalasia do esôfago, úlcera péptica estenosante, hipertrofia prostática, obstrução do colo vesical ou miastenia grave;
  • Devido à dipirona, não deve ser administrado a pessoas com hipersensibilidade aos derivados pirazolônicos, ou com doenças metabólicas como porfiria ou deficiência congênita da glicose 6-fosfato-desidrogenase.

Precauções e advertências quanto ao uso de Dorflex

  • Não deve ser administrado a crianças menores de 12 anos;
  • Ainda não se sabe se é seguro tomar Dorflex durante a lactação, pelo que deve ser evitado por mulheres que estejam amamentando;
  • Em tratamentos prolongados, deve-se controlar o perfil hematológico com hemogramas frequentes e também a função hepática e renal da pessoa;
  • A dipirona pode agravar a tendência à hemorragia em indivíduos com deficiências de protrombina;
  • A orfenadrina pode prejudicar a capacidade da pessoa realizar determinadas tarefas como operar máquinas ou dirigir veículos;
  • Deve ser utilizado com cautela por pessoas com taquicardia, arritmias cardíacas, insuficiência coronária ou descompensação cardíaca;
  • Não deve ser utilizado concomitantemente com álcool, propoxifeno ou fenotiazínicos;
  • Não deve ser utilizado para tratamento de rigidez muscular associada ao uso de anti-psicóticos.

Efeitos Colaterais do Dorflex

  • Pode causar bradicardia ou taquicardia, arritmias cardíacas, secura da boca, sede, diminuição da sudorese, midríase, alterações na visão;
  • Em doses tóxicas podem ocorrer, além dos sintomas mencionados, ataxia, distúrbio da fala, disfagia, agitação, pele seca e quente, disúria, diminuição dos movimentos peristálticos do intestino, aumento da pressão intraocular, náuseas, vômitos, cefaléia, constipação, tonturas, alucinações, delírio e coma. Pessoas idosas podem sentir um alguma confusão mental;
  • Trombocitopenia, pancitopenia, agranulocitose, anemia hemolítica e metahemoglobinemia e, raramente, aplasia medular;
  • Em pessoas com hipersensibilidade a outros medicamentos pode ser frequente o aparecimento de reações alérgicas, síndrome de Stevens-Johnson e eventualmente até choque anafilático.

Posologia e Modo de Uso do Dorflex

Adultos: Tomar 1 a 2 comprimidos ou 30 a 60 gotas, 3 a 4 vezes ao dia. Não ultrapassar estes limites.

Veja também