Saúde no Clique » Tratamentos » Erisipela: Definição, Causas e Tratamento

Erisipela: Definição, Causas e Tratamento

Compartilhar no Facebook

Erisipela é uma infecção da pele causada por bactérias do tipo estreptococos ou estafilococos, que penetram na pele através de picadas de inseto, frieiras, micoses ou qualquer ferida que atue como porta de entrada.

Geralmente atinge a perna, mas também pode surgir nos membros superiores e na face. O tratamento é feito com antibióticos, repouso e elevação do membro afetado.

Erisipela Bolhosa

É uma forma mais grave de erisipela por ser mais profunda. A infecção cresce em profundidade e atinge músculo e gordura, podendo deixar o músculo exposto ou até provocar a sua destruição.

Geralmente acomete diabéticos descompensados ou pessoas com o sistema imunológico debilitado pelo vírus HIV ou doenças como câncer.

Causas de Erisipela

As bactérias estreptococos e estafilococos são as principais causas de erisipela e estão naturalmente presentes na superfície da pele. Quando surge uma porta de entrada, que pode ser uma frieira, um corte, uma micose de unha, um arranhão ou uma picada de inseto, essas bactérias penetram na pele e se proliferam, cansando a infecção conhecida como erisipela.

Alguns fatores que aumentam os riscos de erisipela:

  • Insuficiência venosa crônica;
  • Pessoas submetidas à mastectomia;
  • Linfedema;
  • Diabetes;
  • Obesidade;
  • Doenças cardíacas e renais.

Tratamento da Erisipela

O tratamento da erisipela é feito através da administração de antibióticos via oral, repouso e elevação do membro afetado, desde que a infecção esteja na fase inicial. O tratamento é mantido por pelo menos 15 dias, para evitar recidivas, com alívio dos sintomas após o terceiro ou quarto dia.

Penicilina benzatina ou procaína, amoxicilina, oxacilina, vancomicina e eritromicina são alguns dos antibióticos utilizados.

Casos mais complicados, como os de pessoas com feridas na perna, necessitam de tratamento por tempo indeterminado para prevenir erisipelas de repetição.

Compressas frias podem ser aplicadas como forma de tratamento caseiro para a erisipela, ajudando a controlar a inflamação e aliviar o inchaço e a dor, mas não dispensa de forma alguma os antibióticos receitados pelo médico.

Sintomas de Erisipela

  • Mancha avermelhada com bordas bem definidas que vai aumentando de tamanho progressivamente;
  • Tremores;
  • Mal-estar;
  • Náuseas;
  • Vômitos;
  • Febre alta.

Veja também