Hipertensão Arterial

Hipertensão arterial sistêmica é uma doença que afeta vasos sanguíneos, coração, cérebro, olhos e rins, caracterizada por uma pressão arterial constantemente acima dos 140/90 mmHG. Os sintomas geralmente só aparecem quando a pressão está muito elevada e o tratamento visa controlar a doença.

Causas de Hipertensão Arterial

Cerca de 90% dos casos estão relacionados com a hereditariedade, embora outros fatores possam influenciar o surgimento da doença:

  • Fumo;
  • Álcool;
  • Obesidade;
  • Stress;
  • Consumo excessivo de sal;
  • Colesterol alto;
  • Sedentarismo.

Sintomas de Hipertensão Arterial

Os sintomas da hipertensão arterial geralmente só aparecem quando a pressão está muito elevada. Nesses casos, pode ocorrer:

  • Dores no peito;
  • Dor de cabeça;
  • Tonturas;
  • Zumbido no ouvido;
  • Fraqueza;
  • Visão embaçada e sangramento nasal.

Consequências da Hipertensão Arterial

A hipertensão arterial sistêmica aumenta os riscos de infarto do coração, acidente vascular cerebral (AVC), insuficiência cardíaca e renal, impotência sexual, entre outras complicações que afetam significativamente a vida do indivíduo.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, uma pessoa hipertensa que não faz um controle adequado pode ter uma redução na expectativa de vida de até 16 anos.

Tratamento da Hipertensão Arterial

O tratamento da hipertensão arterial não é capaz de curar a doença, mas pode controlá-la. Além dos medicamentos receitados pelo médico, é fundamental que o indivíduo adote medidas para ter um estilo de vida mais saudável:

  • Fazer acompanhamento médico com regularidade;
  • Perder peso, se necessário;
  • Diminuir o consumo de sal, substituindo-o por outros temperos;
  • Praticar exercícios físicos regularmente;
  • Parar de fumar;
  • Diminuir o consumo de álcool;
  • Evitar alimentos gordurosos;
  • Consumir alimentos que ajudam a controlar a pressão arterial.