Saúde no Clique » Sintomas » Isquemia - Sintomas e Tratamento

Isquemia - Sintomas e Tratamento

Compartilhar no Facebook

Uma isquemia pode ser um prenúncio ou o início de um derrame, daí a importância em reconhecer os seus sintomas com a maior brevidade possível:

  • Diminuição da força ou dormência num membro;
  • Dificuldade de articulação da fala;
  • Vertigens;
  • Cegueira parcial.

Primeiros Socorros para Isquemia

  • Manter o ambiente tranquilo;
  • Manter a vítima numa posição confortável, de acordo com o seu grau de consciência;
  • Deitar a vítima com a cabeça e os ombros elevados por travesseiros;
  • Afrouxar a roupa em torno do pescoço, tórax e cintura;
  • Manter a temperatura corporal;
  • Levar a vítima para o hospital.

Tratamento da Isquemia

O tratamento da isquemia tem como objetivo a prevenção de derrames graves, que podem ocorrer no prazo de cinco anos em um terço das vítimas de isquemia. Os médicos pedem que a vítima faça vários exames, incluindo tomografia computadorizada, para descobrir a causa da isquemia, e prescrevem medicamentos anti-coagulantes que se mostram muito eficazes na profilaxia dos derrames.

O que é uma Isquemia Cerebral

O acidente isquêmico transitório (AIT), também chamado de isquemia, é uma interrupção momentânea da circulação sangüínea numa zona do cérebro, que pode afetar temporariamente a visão, a fala, a sensibilidade e até algumas atividades motoras, dependendo da área do cérebro que for afetada.

Apesar de importantes, os AIT são reversíveis. Dada sua curta duração, eles possibilitam uma recuperação completa. Se o ataque durar mais de 24 horas, passa a ser um caso de derrame. Uma isquemia pode ser um prenúncio ou o início de um derrame.

Alguns AIT ocorrem quando uma artéria cerebral que irriga o cérebro fica temporariamente obstruída por um coágulo transportado pela corrente sangüínea.

Veja também