Sintomas e Tratamento da Osteoporose

A osteoporose geralmente só causa sintomas em fases avançadas, nas quais os ossos estão tão fracos que podem fraturar espontaneamente. O tratamento visa apenas evitar a progressão da osteoporose, uma vez que a doença não tem cura, sendo a prevenção a melhor forma de combatê-la.

Sintomas da Osteoporose

A osteoporose é silenciosa e pode não provocar sintomas no início (osteopenia), podendo manifestar os seguintes sinais em estágios mais avançados:

  • Dor que pode surgir como resultado de fraturas espontâneas, principalmente na coluna, fêmur e punho;
  • A pessoa pode ficar "corcunda";
  • Diminuição da altura devido ao achatamento das vértebras provocado pela fraqueza dos ossos;
  • Dor na coluna lombar.

Na osteoporose existe uma perda de massa óssea que pode deixar os ossos tão frágeis que uma simples queda, pequenos impactos ou até mesmo tossir pode provocar uma fratura.

Tratamento da Osteoporose

O tratamento da osteoporose inclui medicamentos, suplementação de cálcio e vitamina D, além de exercícios e mudanças no estilo de vida.

Tratamento Natural da Osteoporose

  • Consumir alimentos ricos em cálcio como semente de gergelim, sardinha, leite e derivados, amêndoas, sementes de linhaça, espinafre, rúcula, brócolis, salsa, couve;
  • Ingerir alimentos ricos em vitamina D como salmão, atum, sardinha, camarão, gema de ovo, fígado e cereais;
  • Praticar atividades físicas moderadas como caminhadas, alongamentos e exercícios de fortalecimento muscular prescritos por um médico ou fisioterapeuta;
  • Tomar sol diariamente durante cerca de 30 minutos, entre às 6h e 10h da manhã;
  • Evitar o excesso de bebidas alcoólicas;
  • Não fumar;
  • Reduzir o café e o sal.

Tratamento Medicamentoso da Osteoporose

  • Reposição de cálcio e vitamina D: A vitamina D3, que é a vitamina D "ativada" pelo sol, é imprescindível para a absorção de cálcio pelo organismo;
  • Bifosfonatos (alendronato, risedronato, ibandronato, ácido zoledrônico): Estes medicamentos devem ser tomados em jejum e pelo menos uma hora antes de dormir devido ao risco de refluxo;
  • Raloxifeno: Atua de forma semelhante ao estrogênio sem causar efeitos colaterais;
  • Teriparatida (PTH 1-34): Possui ação semelhante ao hormônio produzido pela paratireoide, controlando o cálcio e o fósforo nos ossos. O medicamento parece reverter parte do processo de perda de massa óssea, mas o seu uso ainda está limitado a um período máximo de 2 anos;
  • Ranelato de estrôncio: É uma substância capaz de diminuir a reabsorção de osso e aumentar a formação de massa óssea. Apesar de eficaz, o ranelato de estrôncio é indicado apenas em casos de alto risco de fratura, intolerância ou contraindicação ao tratamento convencional com bifosfonatos, uma vez que o seu uso pode provocar diversos efeitos colaterais e a sua ação não parece ser superior aos outros medicamentos.

Prevenção da Osteoporose

  • Fazer caminhadas e exercícios de fortalecimento muscular;
  • Ter uma alimentação rica em cálcio;
  • Não fumar;
  • Evitar excesso de álcool;
  • Não abusar do café e do sal.