10 Possíveis Efeitos Colaterais da Dieta Dukan que Você Precisa Conhecer

A Dieta Dukan é uma dieta baseada em proteínas que restringe drasticamente a ingestão de carboidratos, o que pode trazer alguns efeitos colaterais. Conheça 10 deles:

  1. Perda de massa muscular: A privação de carboidratos da Dieta Dukan faz o corpo queimar músculos e gordura para obter energia. Como é mais fácil para o organismo transformar a proteína muscular em energia do que a gordura corporal, ocorre uma grande redução da massa muscular;
  2. Privação de nutrientes: A Dieta Dukan pode causar carência de vitaminas e minerais essenciais à saúde;
  3. Fadiga muscular e cansaço: Os carboidratos são o combustível do corpo e a sua privação causa quebra de energia, fadiga e cãibras musculares;
  4. Prisão de ventre: A deficiência de fibras da Dieta Dukan pode prender o intestino, provocando gases intestinais e desconforto, além de deixar a barriga dura e inchada;
  5. Sobrecarga renal e hepática: Uma dieta baseada em proteínas obriga o fígado e os rins a trabalhar muito mais para eliminar os resíduos gerados no metabolismo desse nutriente;
  6. Aumento dos corpos cetônicos: Estes compostos químicos são o resultado da queima da gordura corporal e podem ser tóxicos para as células do corpo a partir de certos níveis;
  7. Ansiedade, irritabilidade e insônia: A restrição de carboidratos imposta pela Dieta Dukan pode diminuir a produção de serotonina, um neurotransmissor relacionado à sensação de prazer que atua na regulação do humor, sono e apetite;
  8. Desconforto estomacal: O consumo excessivo de proteínas e gorduras pode dificultar a digestão, além de deixá-la mais lenta;
  9. Mau hálito: Efeito colateral da produção excessiva de corpos cetônicos;
  10. Tonturas: Os carboidratos são a única fonte de energia utilizada pelo cérebro. Sua falta também pode provocar dificuldade de concentração e dores de cabeça.

Veja aqui como fazer a Dieta Dukan da forma certa.