7 fantásticos benefícios do inhame para a sua saúde

Os benefícios do inhame para a saúde são devidos às suas propriedades nutricionais e funcionais, sendo rico em carboidratos "do bem" e fibras, que ajudam a emagrecer e controlar o diabetes e o colesterol, além de vitaminas e minerais que deixam a pele mais bonita, ajudam a prevenir doenças e fazem bem aos ossos e coração. Além disso, o inhame possui um hormônio vegetal chamado diosgenina, que ajuda a amenizar os sintomas da TPM e menopausa, além de aumentar as chances de gravidez.

7 fantásticos benefícios do inhame para a sua saúde

Conheça esses e outros benefícios do inhame para a sua saúde.

Reduz o risco de doenças cardíacas

O inhame é uma excelente fonte de vitamina B6, que ajuda a manter a integridade da parede dos vasos sanguíneos e prevenir assim a formação de placas que podem causar infarto. O inhame tem também muito potássio, que ajuda a controlar a pressão arterial. Suas fibras diminuem a absorção de gorduras e contribuem assim para a redução das taxas de colesterol. A própria diosgenina, o fito-hormônio, também pode baixar a pressão arterial e o colesterol.

Melhora os sintomas da TPM e menopausa

A diosgenina tem uma estrutura semelhante a hormônios femininos, por isso o consumo de inhame ajuda a equilibrar os níveis hormonais nas mulheres e amenizar assim os sintomas da TPM (tensão pré-menstrual) e da menopausa. A ingestão regular de inhame por 30 dias pode equilibrar os hormônios em mulheres que estão na pós-menopausa, auxiliando a reposição hormonal.

A vitamina B6, também presente no inhame, é outro nutriente capaz de inibir os efeitos indesejados da tensão pré-menstrual (TPM).

Pode influenciar a fertilidade

Outro benefício do inhame devido ao fito-hormônio diosgenina, que estimula os ovários e pode influenciar a fertilidade, aumentando as chances de gravidez e de ter gêmeos ou trigêmeos.

Saiba mais em: Chá de inhame para estimular a ovulação e ajudar a engravidar

Auxilia o controle do diabetes

O inhame é fonte de carboidratos complexos, que são digeridos lentamente e demoram mais para serem transformados em açúcar, o que ajuda a controlar o diabetes. Isso porque a digestão mais lenta do carboidrato evita picos de açúcar no sangue que sobrecarregam o pâncreas, que precisa produzir mais insulina para metabolizar a glicose.

Melhora espasmos e cólicas

O inhame tem propriedades antiespasmódicas, ou seja, inibe os espasmos dos músculos lisos presentes nos órgãos do corpo, sendo por isso indicado para cólicas e crises de asma.

Deixa a pele mais bonita

As vitaminas A e C, encontradas em boas quantidades no inhame, são poderosos antioxidantes que protegem as células da pele e do corpo dos danos causados pelos radicais livres, prevenindo o envelhecimento precoce, doenças cardiovasculares e até alguns tipos de câncer.

Além disso, a vitamina C atua na produção de colágeno, um tipo de tecido conjuntivo que melhora a firmeza e a consistência da pele, além de favorecer a cicatrização. Já a vitamina A protege a pele do sol e reforça o efeito do bronzeado, estimulando a produção de melanina, o pigmento que dá cor à pele.

Combate a osteoporose e a fadiga

O inhame também é fonte de minerais como cálcio e fósforo. O cálcio é fundamental para a saúde dos ossos, sendo essencial na prevenção e tratamento da osteoporose, enquanto que o fósforo ajuda o organismo a ter mais energia, sendo por isso indicado para pessoas cansadas e com falta de energia.

Inhame engorda?

Se não for consumido com moderação pode fazer engordar, pois o inhame é rico em carboidratos e tem 116 calorias em cada 100 g. Por outro lado, na dose certa, ele pode ajudar a emagrecer. Isso porque os carboidratos do inhame vão liberando o açúcar gradualmente na corrente sanguínea, o que faz com que o açúcar não seja absorvido rapidamente e transformado em gordurar. Além disso, o inhame também tem poucas gorduras e possui muitas fibras. As fibras são importantes para melhorar o funcionamento do intestino e aumentar a sensação de saciedade, ajudando assim a pessoa a comer menos e emagrecer.

Inhame pode prevenir a dengue?

O consumo de inhame tem sido associado à prevenção da Dengue. Essa crença talvez seja devida às vitaminas do complexo B, que podem funcionar como repelente para o mosquito. Contudo, mesmo sendo rico nessas vitaminas, seria necessário ingerir uma quantidade muito grande para elas terem algum efeito como repelente, o equivalente a 10 comprimidos por dia.

Por ser um alimento de fácil digestão e rico em nutrientes, o inhame pode prevenir alergias e até melhorar a imunidade, pois é facilmente digerido e absorvido pelo corpo. No entanto, não existe nenhuma evidência ou estudo científico que comprove que o inhame possa prevenir ou mesmo tratar a dengue.

O inhame pode ser consumido cru em sucos e saladas, cozido, refogado e pode ainda substituir a batata em pratos como purê e inhoque. A vantagem do inhame cozido é ser mais agradável ao paladar, uma vez que o calor elimina o seu sabor azedo e amargo.

Leia também:

Suco de Inhame: descubra os benefícios, para que serve e como fazer

Elixir de inhame: Saiba para que serve e como tomar