Bico de Papagaio

Bico de papagaio é o nome popular da osteofitose, um crescimento ósseo anormal entre duas vértebras da coluna cervical, torácica ou lombar e que causa dor e limitação de movimentos. Ao raio-x, o osteófito tem uma forma semelhante a de um bico de papagaio, daí o seu nome.

Essa formação óssea, que na verdade é uma artrose, surge devido a um desgaste do disco intervertebral que já não é capaz de estabilizar e absorver impactos da coluna, o que faz com que o organismo, como defesa, produza mais osso entre as vértebras para dar estabilidade e proteger a coluna.

Bico de Papagaio

Sintomas de Bico de Papagaio

  • Dor forte no pescoço ou nas costas;
  • Limitação dos movimentos;
  • Alteração da sensibilidade;
  • Formigamento nos braços ou pernas;
  • Diminuição da força muscular.

Tratamento do Bico de Papagaio

O tratamento do bico de papagaio centra-se no controle da dor e melhoria da qualidade de vida da pessoa. Analgésicos e anti-inflamatórios ajudam a aliviar a dor mas é fundamental incluir terapias que trabalhem a musculatura da coluna vertebral.

Técnicas de fisioterapia como o RPG ou o Pilates são muito úteis no tratamento por trabalharem a postura, flexibilidade e tonificação dos músculos da coluna.

A prática de exercícios físicos também é recomendada, desde que seja adequada às condições e limitações de cada indivíduo.

Uma vez degenerado, o disco intervertebral não se recupera, como acontece também na hérnia de disco. Casos mais graves que causam grandes alterações no alinhamento da coluna ou problemas nos nervos podem ser indicativos de cirurgia.

O artigo Hérnia de Disco também pode lhe interessar.

Causas de Bico de Papagaio

  • Sedentarismo;
  • Má postura;
  • Excesso de peso;
  • Traumatismos na coluna;
  • Predisposição genética.

O bico de papagaio afeta principalmente pessoas com mais de 50 anos devido ao desgaste natural que o disco intervertebral vai sofrendo ao longo da vida, embora pessoas mais jovens também possam desenvolver a doença.