Bula Amoxicilina

Muitas vezes temos o medicamento em casa, receitado pelo médico (isso é muito importante), e perdemos a bula. Por isso, a seguir, iremos detalhar a bula da Amoxicilina.

Informações Importantes:

Amoxicilina é um antibiótico utilizado no tratamento de infecções não complicadas. Consiste em um antibiótico de amplo espectro indicada no tratamento das infecções bacterianas causadas por microrganismos sensíveis à ação deste antibiótico.

Efeitos Colaterais:

  • Informe ao seu médico o aparecimento de reações desagradáveis, tais como: dor gástrica, náusea, vômito, diarréia e flatulência. Ingestão concomitante com outras substâncias
  • A alimentação não interfere com a ação da amoxicilina , podendo a mesma ser ingerida juntamente com alimentos.

Contra-Indicações:

  • Pacientes com história de reações alérgicas e hipersensibilidade às penicilinas e/ou demais componentes da formulação.
  • Amoxicilina pó para suspensão oral contém açúcar e, portanto, recomenda- se precaução ao ser utilizada por pacientes diabéticos.
  • Informe ao seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início, ou durante o tratamento.
  • Amoxicilina pode reduzir a eficácia dos contraceptivos orais. As pacientes devem ser avisadas quanto a este fato.

Como age o medicamento?

Amoxicilina é quimicamente a D- (-)-alfa-amino p-hidroxibenzil penicilina, uma aminopenicilina semi- intética do grupo beta-lactâmico de antibióticos. Tem amplo espectro de ação antibacteriana contra muitos microrganismos gram-positivos e gram-negativos, agindo através da inibição da biossíntese do mucopeptídeo das paredes das células. Tem rápida ação bactericida e perfil de segurança de uma penicilina.

Gravidez e lactação

  • Amoxicilina não deve ser administrada quando houver gravidez suspeita ou confirmada e lactação, a não ser que, a critério médico, os benefícios do tratamento esperados para a mãe superem os riscos potenciais para a criança. Informe ao seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término.
  • Deve- se ter cuidado quando amoxicilina é administrada a mulheres que estão amamentando. Informe ao seu médico se está amamentando.

Posologia:

A Amoxicilina deve ser administrada em intervalos regulares e adequados para obter- se sempre concentrações séricas terapêuticas. O tratamento deve ser mantido por um número de dias adequado a cada tipo de infecção, que geralmente não é inferior a 7 dias.

  • Infecções leves a moderadas:

Crianças dos 3 meses até 3 anos: 125mg a cada 8 horas ou 20- 40mg/kg/dia divididos em doses a cada 8 horas.

Crianças dos 3 aos 12 anos: 250mg a cada 8 horas ou 20- 40mg/kg/dia divididos em doses a cada 8 horas.

Adultos e crianças acima dos 12 anos: 250500mg a cada 8 horas ou 500mg1g a cada 12 horas.

Infecções moderadas a severas:

Adultos e crianças acima dos 12 anos: 500mg a cada 8 horas ou 1g a cada 12 horas.

Crianças acima dos 3 meses: 40mg/kg/dia divididos em doses a cada 8 horas.

Gonorréia aguda (infecções uretais e ano- genitais em homens e mulheres): 3g como dose oral única. Erradicação do Helicobacter pylori: a Amoxicilina deve ser utilizada como principal integrante dos diversos esquemas terapêuticos que incluem dois ou três antimicrobianos e um inibidor da bomba de prótons.

Adultos e crianças acima dos 12 anos: 1g de Amoxicilina a cada 12 horas por um período de 7 a 14 dias.

  • Pacientes com insuficiência renal:

Na insuficiência renal, a excreção do antibiótico será retardada e, dependendo do grau de insuficiência, pode ser necessário reduzir a dose diária total de acordo com o seguinte esquema.

Insuficiência leve (clearance de creatinina >30 ml/min): nenhuma alteração na dose.

Insuficiência moderada (clearance de creatinina 10- 30 ml/min): máximo 500mg, 2 vezes ao dia.

Insuficiência grave (clearance de creatinina < 10ml/min): máximo 500mg/dia.

Pacientes recebendo diálise peritoneal: posologia como para paciente com insuficiência renal grave (clearance de creatinina < 10ml/min). A Amoxicilina não é removida por diálise peritoneal.

Pacientes recebendo hemodiálise: posologia como para pacientes com insuficiência renal grave (clearance de creatinina <10 ml/min). A Amoxicilina é removida da circulação por hemodiálise. Portanto, uma dose adicional de 500mg pode ser administrada durante a diálise e ao final de cada diálise.

Estas posologias recomendadas podem ser alteradas a critério médico, conforme a gravidade das infecções e suscetibilidade dos microrganismos.

Crianças acima de 40kg de peso corporal podem receber posologia de adulto.

Fonte: site bulas.med.br