Catapora

A Catapora ou Varicela é uma doença causada pelo vírus Varicela-Zóster e que atinge principalmente crianças, com sintomas que se caracterizam principalmente por bolinhas vermelhas que surgem por todo o corpo. A doença é altamentecontagiosa e o tratamento visa melhorar os sintomas. A prevenção é feita através da vacina.

Sintomas de Catapora

  • Erupções na pele caracterizadas por bolinhas vermelhas que evoluem para bolhas geralmente claras com as bordas avermelhadas, que se rompem e dão origem às feridas;
  • O aparecimento das bolhas é caracterizado por surtos em que várias aparecem ao mesmo tempo;
  • Normalmente as bolinhas vermelhas surgem primeiro no tronco, espalhando-se depois para o corpo todo;
  • Formação de crostas nas feridas que provocam muita coceira;
  • Febre que dura em média 4 dias;
  • Mal-estar e cansaço.

Os sintomas da catapora manifestam-se após um período de incubação médio de 15 dias. Geralmente, a catapora dura 10 dias e evolui sem complicações, exceto quando atinge adultos ou pessoas imunodeficientes.

Tratamento da Catapora

O tratamento da catapora em crianças visa apenas amenizar os sintomas através da administração de antitérmicos para controlar a febre.

O uso de medicamento antiviral mais efetivo, neste caso o aciclovir, só é indicado em adultos, pessoas com mais de 12 anos ou indivíduos com deficiência imunológica causada por doenças (HIV) ou quimioterapia, uma vez que nestes casos existe uma maior probabilidade de complicações.

Em alguns casos, podem ser usados medicamentos anti-histamínicos para controlar a coceira.

Recomendações:

  • Higienizar adequadamente as feridas apenas com água e sabão na hora do banho;
  • Evitar coçar as feridas para prevenir infecções e favorecer a cicatrização;
  • Cortar bem as unhas da criança para evitar que ela coce as feridas e corra o risco de infeccioná-las;
  • Evitar ácido acetilsalicílico (AAS), aspirina ou ibuprofeno para baixar a febre, pois podem provocar uma síndrome que atinge o fígado e que pode causar coma. O paracetamol é o mais indicado;
  • O indivíduo com catapora deve estar afastado do convívio com outras pessoas, permanecendo em casa até que as lesões cicatrizem por completo.

Modos de Transmissão da Catapora

  • Pelo ar, através de gotículas de saliva expelidas por tosse ou espirro;
  • Contato direto com a saliva, secreção respiratória ou com o próprio líquido das bolhas da pessoa infectada;
  • De forma indireta, através do contato com objetos contaminados com a secreção das vesículas;
  • Durante a gravidez, através da placenta.

As pessoas infectadas pelo vírus da catapora transmitem a doença durante todo o período de incubação e manifestação dos sintomas.

Uma vez adquirida a doença, o indivíduo fica imune à catapora para o resto da vida. Todavia, o vírus permanece no organismo, podendo no futuro causar uma doença chamada herpes-zóster, também conhecida como cobreiro.

Vacina para Catapora

  • Indicada para todas as pessoas com mais de 1 ano de idade,
  • Recomenda-se uma única dose para crianças com até 13 anos e 2 doses para pessoas acima desta idade;
  • Contraindicada durante a gravidez, em pessoas imunodeficientes e bebês prematuros.

Complicações da Catapora

  • Infecções da pele devido à contaminação das feridas por bactérias que podem, inclusive, invadir a corrente sanguínea e se alastrar pelo organismo;
  • Pneumonite viral;
  • Pessoas com o sistema imunológico debilitado podem apresentar doença disseminada, sistema nervoso central afetado, encefalite;
  • Hemorragia grave.