Como Aliviar as Dores nas Pernas

Para aliviar as dores nas pernas, sejam elas causadas pela gravidez ou por varizes, é preciso estimular a circulação sanguínea, favorecendo o retorno do sangue das pernas para o coração, aliviando assim a dor e o cansaço.

  • Usar meias elásticas: O uso de meias compressivas elásticas é muito recomendado pois elas ajudam o sangue a subir em direção ao coração, mas devem ser prescritas por um médico, pois em determinados casos elas podem piorar a situação;
  • Fazer exercícios: Os músculos da panturrilha desempenham um papel importantíssimo no retorno do sangue ao coração, funcionando como um "2º coração". Por isso, fazer exercícios que trabalham esses músculos, como andar, nadar ou andar de bicicleta, melhoram a circulação sanguínea e aliviam as dores nas pernas;
  • Não ficar parada por muito tempo: Quem trabalha sentada deve se levantar a cada duas horas, pelo menos, para movimentar os músculos da perna. Se não for possível, exercitar as pernas mesmo sentada, levantando e abaixando os pés, de meia em meia hora;
  • Elevar as pernas: Deitar de barriga para cima e colocar uma ou mais almofadas embaixo dos pés para que eles fiquem mais altos do que os quadris, deixando as pernas elevadas durante 20 minutos, todos os dias. Essa medida auxilia a saída do sangue das pernas, favorecendo o retorno do mesmo ao coração, trazendo alívio das dores, do peso e do cansaço nas pernas;
  • Perder peso: Quanto maior a circunferência abdominal, maior será a dificuldade do sangue em voltar para o coração, favorecendo o seu acúmulo nas pernas e consequentemente causando dores.

Podem também lhe interessar os artigos: Como Tratar Dores nas Pernas na Gravidez; Como Prevenir Dores nas Pernas.

Como Aliviar Dores Musculares nas Pernas

  • Aplicar gelo durante 20 minutos, no caso da dor ter sido causada por algum trauma, estiramento ou contratura muscular. Colocar sempre um pano úmido sobre a pele para o gelo não estar em contato direto com a pele;
  • Suspender a atividade física enquanto houver dor;
  • Aplicar pomadas anti-inflamatórias e analgésicas;
  • Fazer alongamentos antes e depois dos exercícios.