Como Tratar a Prisão de Ventre

A dificuldade de evacuar costuma vir acompanhada de outros sintomas desagradáveis, que são a passagem de gás pelo reto (flatulência) e a saída de ar proveniente do estômago (roto), além da sensação da barriga estufada, principalmente depois das refeições.

O aumento de tempo entre as evacuações faz com que as fezes endureçam, aumentando a dificuldade e provocando até dores, exigindo muito esforço.

A prisão de ventre pode ser provocada por mudança alimentar, alguma alteração no organismo ou ingestão de novo medicamento. Há ainda os casos crônicos, que causam maior desconforto.

Tratamento

Ingerir alimentos que funcionam como laxantes naturais, como ameixa preta e mamão, além de fibras. Nos casos mais acentuados o médico poderá prescrever um remédio, ou supositórios e lavagens intestinais, para tirar o paciente da crise e iniciar um tratamento preventivo.

É importante tomar cuidado com os laxantes indicados como naturais, porque podem prejudicar o organismo.

Prevenção

As pessoas que convivem com a prisão de ventre devem redobrar a atenção com a alimentação. O primeiro passo é aumentar a ingestão de fibras que ajudam no processo digestivo. Tomar bastante líquido também ajuda a prevenir o problema.

Um fator que prejudica a digestão é deitar logo após a refeição. O ideal é manter-se ativo para que o organismo trabalhe normalmente.