Como Tratar Lesões Internas no Abdômen

Um acidente de automóvel, uma queda ou um ferimento com faca podem provocar graves lesões internas no abdômen. Saber tratar essas lesões e prestar os primeiros socorros adequadamente, até que chegue socorro especializado, pode salvar a vida da vítima.

Veja como tratar lesões abdominais internas:

  • Afrouxe qualquer parte da roupa que estiver apertando o corpo da vítima no pescoço e na cintura, por exemplo, para facilitar a respiração e ajudar a circulação sanguínea;
  • Se o ferimento for longitudinal (no sentido do comprimento do corpo):
    • Deite a vítima de barriga para cima, com os pés ligeiramente elevados sobre uma almofada ou qualquer objeto que mantenha as pernas elevadas;
    • Não elevar a cabeça da vítima;
  • Se o ferimento for transversal (longitudinal ao corpo):
    • Deite a vítima de barriga para cima, com as pernas dobradas (joelhos para cima) e coloque uma almofada ou uma jaqueta dobrada ou qualquer objeto sob a sua cabeça e seus ombros;
  • Essas posições relaxam os músculos abdominais e ajudar a manter a lesão fechada;
  • Remova com cuidado a roupa em torno da área do ferimento, tomando cuidado para não tossir, espirrar ou mesmo respirar sobre a ferida, pois isso pode vir a causar uma infecção;
  • Se algum órgão estiver exposto ou para fora, não toque nele, nem tente de maneira alguma empurrá-lo para dentro do abdômen;
  • Cubra a ferida ou qualquer órgão exposto com uma gaze, bandagem ou atadura, ou pegue um pedaço de pano limpo, dobre-o no sentido inverso e aplique-o sobre a lesão. Não toque no ferimento!;
  • Prenda a compressa com uma bandagem ou atadura, sem comprimir a lesão, somente para manter a ferida coberta. Faça o nó numa área longe da ferida, para não comprimi-la. Caso não consiga passar a bandagem por baixo do corpo da vítima, prenda a faixa com esparadrapo;
  • Mantenha a vítima aquecida, cobrindo-a com um casaco ou cobertor, mas deixe seus braços de fora, para poder checar o pulso sem incomodá-la;
  • Não ofereça comida ou bebida à vítima, pois pode ser que ela precise tomar anestesia geral no hospital. Se ela estiver com sede, molhe seus lábios com um pano úmido;
  • Se a vítima perder a consciência, segure com cuidado seu abdômen e vire-a gentilmente até deixá-la na posição de recuperação;
  • Se a vítima tossir ou vomitar, segure o ferimento pressionando com o maior cuidado a compressa, de modo a evitar que os órgãos internos fiquem expostos;
  • Chame a ambulância, sem deixar o ferido sozinho.

Lesões Internas do Abdômen

Em alguns tipos de acidente, o abdômen costuma não apresentar sinais externos de trauma, embora a vítima possa estar sangrando internamente.

No caso de qualquer suspeita de sangramento interno, a vítima deve ser imediatamente examinada por um médico.

Os sintomas são:

  • Dor e sensibilidade no abdômen;
  • Dor à compressão do abdômen;
  • Náusea e vômitos;
  • Escoriações e manchas roxas no abdômen;
  • Espasmos da musculatura ou dos músculos abdominais;
  • Palidez, pele fria e úmida, suor e sede;
  • Fraqueza.

As lesões abdominais podem afetar seriamente órgãos vitais, como fígado, baço, intestinos, bexiga e útero. Muitas vezes a ferida é bem visível e pode haver inclusive a exposição de algum órgão.

Esses órgãos recebem uma grande quantidade de sangue e uma lesão nos vasos sanguíneos pode ser tão perigosa como uma lesão no próprio órgão.