Como Tratar o Eczema

O tratamento do eczema depende do tipo de eczema (atópico, de contato, seborreico, numular, estase, disidrótico), pois as suas causas variam, bem como a sua ocorrência.

Como Tratar o Eczema de Contato

  • Medicamentos de uso local e oral, para reduzir o processo inflamatório e a coceira, que em muitos casos é desesperadora;
  • Deve-se evitar o contato com as substâncias que desencadeiam o eczema;
  • O teste de contato, no caso dos eczemas alérgicos, pode ser de grande ajuda para descobrir a causa da alergia.

O tratamento do eczema de contato varia conforme o tipo (irritativo ou alérgico) e a fase em que se encontra (agudo, sub-agudo ou crônico).

Como Tratar o Eczema Atópico

  • Controle com orientação geral;
  • Administração de anti-histamínicos orais;
  • Hidratação da pele;
  • Uso de corticosteroides tópicos ou sistêmicos.

Considerações Importantes

  • Substâncias alérgicas: As substâncias alérgicas são difíceis de serem identificadas e eliminadas, entretanto, algumas medidas citadas no caso do eczema de contato podem ajudar em certos casos;
  • Substâncias irritantes: Devem ser evitados produtos químicos em geral, roupas de lã ou de fibras sintéticas, poeira e fumaça de cigarro;
  • Alimentos e dietas: Apenas cerca de 10% das crianças abaixo de 5 anos podem se beneficiar com uma dieta sem os alimentos aos quais podem ser alérgicas;
  • Pele seca: É um dos fatores que mais contribuem para a piora do quadro de eczema atópico. Por isso, o banho deve ser rápido e com água morna. Deve-se evitar o uso de sabonetes e buchas em excesso e aplicar um hidratante neutro logo após o banho, antes que a água que ainda está na pele se evapore;
  • Temperatura, umidade e exercícios físicos: Pessoas com eczema atópico não toleram bem frio extremo, temperaturas altas ou mudanças bruscas de temperatura. A transpiração causada pelo calor ou exercícios físicos pode aumentar a coceira, agravando a dermatite atópica. A baixa umidade do ar também pode contribuir para uma piora do quadro do eczema atópico;
  • Infecções: Infecções de pele ou outros tipos de infecções podem desencadear uma piora do eczema atópico;
  • Estresse emocional: Situações estressantes podem causar uma piora da doença na maioria dos pacientes.

Como Tratar o Eczema Seborreico

Bebês

  • No lactente, o tratamento do eczema seborreico consiste em remover as crostas e escamas do couro cabeludo com óleo mineral ou óleo de amêndoas morno, limpando a seguir com solução de Burow ou solução de permanganato;
  • Podem ser usados sabonete de enxofre, xampu de cetoconazol ou de sulfeto de selênio na lavagem do couro cabeludo;
  • Infecção secundária significativa deve ser tratada com antibiótico via oral, pois topicamente os sabões são suficientes.

Adultos

  • Xampus com enxofre (sulfeto de selênio), coaltar, cetoconazol;
  • Loções capilares com ácido salicílico, resorcina, ureia, cetoconazol, associados a hidrocortisona;
  • O uso de cremes ou pomadas de corticosteroides deve ser feito de forma cautelosa, devido ao fenômeno do rebote com a interrupção do tratamento;
  • Sabonetes com enxofre e ácido salicílico podem ser úteis como agentes antisseborreicos;
  • A fototerapia é uma boa alternativa terapêutica, pois pode evitar o uso de corticosteroides;
  • Evitar cremes ou pomadas nas áreas de dobras;
  • O uso de pasta de zinco (óxido de zinco em óleo de amêndoas) com produtos antibacterianos pode ser útil.

Como Tratar o Eczema Numular

  • Orientação para o controle do uso excessivo de sabões, detergentes e antissépticos nas áreas afetadas, evitando o contato direto com lã e tecidos sintéticos;
  • Cremes de corticosteroides fluorados ou com derivado de quinolona podem ser utilizados em alternância com pomada de coaltar;
  • Corticosteroides sistêmicos podem produzir bons resultados, embora seja comum o reaparecimento do eczema quando os medicamentos são retirados;
  • Anti-histamínicos por via oral são indicados se o prurido (coceira) for significativo, desde que não sejam tomados em simultâneo com corticoide oral;
  • Dependendo da apresentação do eczema, o uso de antibiótico oral de amplo espectro, como a tetraciclina, pode ser benéfico;
  • Fototerapia, psicoterapia e antidepressivos podem oferecer bons resultados.

Como Tratar o Eczema Estase

  • Melhora do retorno venoso através de medicamentos vasodilatadores periféricos e fisioterapia (incluindo uso de meias elásticas), limitando o uso de produtos tópicos para evitar maior sensibilização;
  • Anti-histamínico oral e antibióticos (penicilina benzatina);
  • Focos fúngicos nos pés devem ser tratados com antifúngicos por via oral;
  • Em alguns casos, podem ser indicados corticosteroides por via sistêmica.

Como Tratar o Eczema Disidrótico

  • O tratamento é feito de acordo com a causa, que deve ser investigada e tratada;
  • Foco de fungos deve ser tratado com itraconazol ou fluconazol, em doses adequadas à intensidade e extensão da infecção;
  • O tratamento da erupção eczematosa, depois de afastada a presença de fungos, bactérias e erosões no local, pode ser feito com pequena quantidade de corticosteroide, duas vezes ao dia, durante no máximo 7 a 10 dias;
  • Antibióticos de amplo espectro devem ser usados em caso de infecção secundária expressiva;
  • Assepsia local com permanganato de potássio diluído em água morna - banhos de 5 minutos, duas vezes ao dia;
  • Ocasionalmente, em casos mais intensos, podem ser empregados corticosteroides sistêmicos, anti-histamínicos e tranquilizantes.

Veja também: Eczema