Como Tratar Plaquetas Baixas

Uma forma de tratar indivíduos com plaquetas baixas no sangue é a injeção de plasma rico em plaquetas. O sangue utilizado para produzir o plasma pode ser da própria pessoa ou a partir do sangue colhido por doadores nos bancos de sangue. Quando o plasma é da própria pessoa, o tratamento praticamente não apresenta riscos, inclusive de alergias.

Para produzir o plasma rico em plaquetas o sangue é centrifugado, separando os seus componentes. A parte do plasma com a maior concentração de plaquetas é coletado, tendo até 8 vezes mais plaquetas do que o plasma comum. É um tratamento muito parecido com a auto-hemoterapia.

Alimentos para tratar plaquetas baixas

Na verdade não existe um alimento específico que consiga aumentar o número de plaquetas no sangue. Entretanto, manter uma alimentação rica em vitaminas, sais minerais e proteínas é muito importante para a medula óssea poder funcionar de maneira adequada, uma vez que esta é responsável pela produção de plaquetas.

A vitamina K é importante para diminuir os sangramentos, reduzindo assim a necessidade do sangue de utilizar mais plaquetas para estancar o sangramento, fazendo com que os seus níveis não caiam acentuadamente. Fígado, leite de vaca, gema de ovo, repolho, espinafre e vegetais verde-escuros são alguns dos alimentos ricos nessa vitamina.