Como Tratar uma Gripe

Para tratar a gripe é necessário ficar de repouso, beber bastante líquido e tomar analgésicos e antitérmicos para aliviar a febre e outros sintomas. Alguns chás podem ser usados como remédio caseiro para a gripe, combatendo os sintomas e ajudando na recuperação.

Chá de Gengibre para Tratar a Gripe

Ingredientes:

  • 1 pedaço de gengibre (+/- 5 cm);
  • 2 colheres de suco de limão;
  • 1 pau de canela;
  • 1 colher de chá de mel;
  • 500 ml de água.

Como fazer e tomar:

  1. Levar a água ao fogo;
  2. Tirar a casca e cortar o gengibre em pedaços menores;
  3. Adicionar o gengibre e o pau de canela quando a água começar a ferver;
  4. Desligar o fogo e deixar abafado por 10 minutos;
  5. Acrescentar o suco de limão;
  6. Adoçar com o mel e beber quente, 3 vezes ao dia.

Benefícios:

  • O chá ajuda a hidratar e o próprio vapor liberado pelo chá quente é bom para desobstruir as vias aéreas;
  • O gengibre tem propriedades analgésicas, anti-inflamatórias e expectorantes;
  • A canela é anti-inflamatória e ajuda a aquecer o corpo;
  • O mel hidrata a mucosa;
  • O limão tem propriedades antissépticas e é rico em vitamina C.

Chá de Alho para Tratar a Gripe

Ingredientes:

  • 1 dente de alho grande;
  • 200 ml de água;
  • 2 colheres de chá de mel.

Como fazer e tomar:

  1. Picar o alho;
  2. Ferver a água;
  3. Acrescentar o alho e deixar tapado por 5 minutos;
  4. Acrescentar o mel;
  5. Misturar e beber quente, 3 vezes ao dia.

Benefícios:

  • O alho combate o vírus e estimula o sistema imunológico;
  • O mel hidrata a mucosa.

Dicas e Cuidados para Tratar a Gripe

  • Ficar em repouso;
  • Beber bastante líquido (pelo menos 2 litros por dia);
  • Manter a casa arejada e com luz solar;
  • Tomar analgésicos e antitérmicos para combater a febre e o mal estar;
  • Fazer gargarejos com água e sal para aliviar a dor de garganta.

A gripe é uma doença respiratória provocada pelo vírus influenza, cujos sintomas são febre, tosse, dores no corpo, dor de garganta e mal estar. Complicações como infecções de ouvido e pneumonias podem necessitar de internamento.