Concussão - Sintomas e Primeiros Socorros

Quando uma pessoa cai de pé e o impacto da queda é grande, ou quando ela recebe uma pancada muito forte na cabeça, o cérebro pode ser sacudido e sofrer um abalo, causando uma concussão. Geralmente, a vítima fica desmaiada por pouco tempo; algumas vezes, porém, este período de desmaio é tão curto que nem é percebido.

Se a vítima ficou desacordada por algum tempo, sua respiração pode ficar superficial (fraca), seu rosto pálido e sua pele fria e úmida.

Após o desmaio por menor que tenha sido sua duração. a vítima pode sentir náusea e vomitar, além de não se lembrar do acidente.

Qualquer pessoa com estes sintomas deve ser examinada por um médico, pois um problema mais sério, chamado edema cerebral, pode vir a se desenvolver.

Se a pessoa sentir-se fraca após a pancada na cabeça, trate como se fosse estado de choque.

Como reconhecer um caso de edema e como tratá-lo

Qualquer tipo de pressão no cérebro, seja causada por sangue ou fluido, ou por uma fratura no crânio, pode provocar um problema mais grave chamado edema, que pode se desenvolver num período de até 48 horas após a vítima ter aparentemente se recuperado da concussão.

  • A pessoa fica menos atenta e perde um pouco da lucidez.
  • Pode haver fraqueza e paralisia num dos lados do corpo.
  • A respiração torna-se ruidosa.
  • O rosto da vítima pode ficar avermelhado e sua temperatura aumentar.
  • A pulsação pode ficar mais lenta.
  • As pupilas dos olhos (as partes escuras) podem ficar de tamanhos diferentes.

Geralmente, a maioria desses sintomas se acha presente no caso de edema, mas a ausência de qualquer um deles não significa que o problema seja outro.

Ligue para o pronto-socorro e peça uma ambulância.