Dermatite Atópica

A dermatite atópica ou eczema atópico é uma doença crônica que causa inflamação da pele, provocando sintomas como coceira, vermelhidão, bolhas e descamação. É mais frequente em bebês e normalmente a sua causa é genética. O tratamento é feito com pomadas, medicamentos e cuidados caseiros.

Dermatite Atópica Infantil

Dermatite Atópica em Bebês

A dermatite atópica em bebês pode se manifestar entre os 2 meses e 2 anos de idade, geralmente por volta do 3º ou 6º mês de vida. Afeta principalmente o rosto, o couro cabeludo e o pescoço, com erupções acompanhadas de crostas e bolhas.

Dermatite Atópica em Crianças

Abrange o período de 2 a 12 anos, atingindo principalmente o pescoço, dobras da pele, região ao redor do cotovelo, punhos, parte de trás dos joelhos, dorso das mãos e tornozelos.

A coceira é intensa e a pele fica muito seca, podendo ficar áspera em algumas áreas. Frequentemente as crises se iniciam com uma área vermelha na pele que começa a coçar. Após as crises há um período de remissão.

Sintomas de Dermatite Atópica

  • Coceira constante;
  • Lesões na pele caracterizadas pelo surgimento de bolhas;
  • Vermelhidão ou inflamação da pele ao redor das bolhas que vazam e formam crostas;
  • Secreção ou sangramento da orelha;
  • A pele se torna mais escura ou mais clara;
  • Áreas esfoladas ou mais espessas na pele causadas pela coceira constante.

Fatores que podem piorar ou desencadear os sintomas da dermatite atópica:

  • Alergias, gripes, pele seca;
  • Exposição ao sol ou à água;
  • Ambientes muitos quentes ou muito frios;
  • Stress.

Tratamento da Dermatite Atópica

Medicamentos e Pomadas para Dermatite Atópica

  • Administração de anti-histamínicos por via oral para reduzir a coceira;
  • Aplicação de pomadas de cortisona ou esteroide;
  • Casos mais graves podem necessitar de corticóides orais ou intravenosos;
  • Antibióticos tópicos ou orais no caso da pele estar infeccionada;
  • Imunoterapia para combater alergias.

Tratamento Caseiro da Dermatite Atópica

  • Evitar coçar as lesões;
  • Aplicar compressas frias para diminuir a coceira;
  • Manter as unhas das crianças bem aparadas e curtas;
  • Aplicar hidratantes para deixar a pele bem hidratada;
  • Não usar cremes hidratantes com álcool, corantes ou perfumes;
  • Evitar banhos quentes e demorados;
  • Usar pouco sabonete na hora do banho;
  • Não esfregar a toalha na pele ao se enxugar;
  • Hidratar a pele após o banho.