Dicas Para Parar de Beber Definitivamente

Conseguir parar debeber álcool definitivamente nem sempre é uma tarefa fácil de ser conseguida. Dependendo do grau de dependência, a força de vontade pode não ser suficiente e a ajuda externa passa a ser fundamental. Algumas dicas para deixar de beber:

  1. Comece a desintoxicação hoje: Os primeiros dias sem álcool podem causar síndromes de abstinência que devem ser acompanhadas de perto por um médico, pois podem ser fatais. Alguns medicamentos aliviam esses sintomas de abstinência e ajudam nos primeiros dias sem bebida alcoólica;
  2. Não tente deixar a bebida aos poucos: Dependendo do grau de dependência e dos problemas associados ao vício, parar de beber definitivamente pode ser a única solução;
  3. Evite ficar sozinho: Procurar a companhia de pessoas que não têm vícios é um passo importante no tratamento do alcoolismo;
  4. Procure ajuda nos grupos de apoio: Os Alcoólicos Anônimos (AA) são um grupo de autoajuda que oferece apoio emocional e um modelo de abstinência para pessoas dependentes do álcool que querem parar de beber;
  5. Faça psicoterapia: A psicoterapia vai trabalhar as questões psicológicas que possam ter levado a pessoa ao alcoolismo e também ajudá-la a identificar os fatores de risco que possam fazê-la beber. Existem serviços gratuitos de atendimento para quem não pode pagar o tratamento;
  6. Atenção às vontades mascaradas: Sentir vontade de sair em horas pouco habituais para comprar alguma coisa significa, quase sempre, vontade de beber. Acontece mais nos primeiros meses e depois acaba ou se torna mais rara;
  7. Mude os hábitos: Evite estar com pessoas que bebem muito ou ir a bares e outros locais que costumava frequentar. Tenha sempre um plano em mente para saber o que fazer quando for tentado a beber. Sem mudanças não há recuperação;
  8. Aprenda a lidar com o "luto" da bebida: Quando alguém para de beber é como se perdesse um grande amigo que estava presente em toda e qualquer situação, o que causa tristeza, raiva e inconformismo. O início da abstinência é sempre doloroso mas com o tempo esses sentimentos passam e são substituídos por outros;
  9. Não desista: Mudar não é fácil. Acordar para a realidade é um processo que vai acontecendo de forma lenta e gradativa. Caso não consiga parar de beber definitivamente na primeira tentativa, tente novamente, não desanime e não desista.