Envenenamento por monóxido de Carbono

Como reconhecer e que medidas tomar

O monóxido de carbono é um gás tóxico, incolor, sem cheiro ou paladar que assinalem a sua presença. O monóxido de carbono é um produto da combustão incompleta e a sua toxicidade é tal que é mortal mesmo em concentrações relativamente baixas.

Banheiro

Um aquecedor que não esteja em bom estado pode originar a formação de monóxido de carbono, provocando dores de cabeça, tonteiras ou dificulia. de respiração. Desligue imediatamente o aparelho e abra as janelas. Se o aquecedor não tiver recentemente sido vistoria por um técnico, submeta-o a uma inspeção geral, feita por pessoal especializado.

Cozinha

Existe aí o mesmo perigo nos banheiros, embora em menor escala, pois o espaço não é geralmente reduzido. Proceda do mesmo modo se sentir dores de cabeça, tonteiras ou dificuldades de respiração.

Garagem

O monóxido de carbono  presente nos gases de escape dos automóveis é uma fonte de perigo num espaço fechado. Nunca ponha o motor do automóvel para funcionar dentro de uma garagem com as portas fechadas.

Automóvel

Tape quaisquer fendas entre o motor e o compartimento dos passageiros com um produto vedante adequado, de modo a reduzir o risco de intoxicação por monóxido de carbono.

Trailers e barcos

Neste caso, embora os riscos sejam semelhantes aos de uma cozinha ou banheiro, o seu grau é mais elevado devido ao espaço reduzido. Em caso  de envenenamento por este gás, aja rapidamente, procedendo como se indica.

Como agir em caso de envenenamento por monóxido de carbono

Em caso de envenenamento, procure eliminar a fonte do gás, leve a vítima o mais  rapidamente possível para o ar livre e abra  todas as portas e janelas. Se a vítima estiver consciente, a recuperação será bastante. Se estiver inconsciente, coloque-a na posição lateral de segurança e chame uma ambulância. Se a vítima não respirar, faça respiração artificial. Só uma pessoa devidamente habilitada em primeiros socorros poderá aplicar a massagem cardíaca externa depois de se certificar de que o coração da vítima de bater.