Feridas e Cortes como Tratar

O primeiro passo antes de tratar feridas e cortes, sejam eles superficiais ou profundos, é lavar as mãos com água e sabão ou álcool gel. Depois, deve-se seguir alguns procedimentos, de acordo com o tipo de lesão.

Se houver uma hemorragia grave, a prioridade é estancá-la, comprimindo a lesão com um pano limpo, gaze ou compressas. Neste caso, deve-se procurar um médico imediatamente.

No caso de uma ferida menos grave:

  1. Encher uma bacia com água morna, diluindo na água um pouco de sabão ou um antisséptico fraco;
  2. Limpar a pele em volta da ferida com compressas esterilizadas, algodão ou um pano limpo embebido em água morna;
  3. Depois, secar a pele, sem tocar na ferida;
  4. A seguir, lavar a ferida propriamente dita, cuidadosamente, com muita água, sem esfregar.;
  5. Se a ferida for na mão ou no pé, colocar a mão ou o pé dentro da água da bacia;
  6. Jogar água por cima da ferida para tirar a terra;
  7. Limpar bem a pele em volta da ferida com um algodão limpo;
  8. Aplicar uma compressa ou fazer uma atadura.

Como Tratar Pequenos Cortes Superficiais

Esses tipos de lesões podem ser tratados apenas com limpeza local com água e sabão neutro ou soro fisiológico. A ferida deve ser limpa até que sejam removidos todos os sinais de sujeira ou corpo estranho.

Como Tratar Feridas com Areia ou Farpas

  1. Retirar as farpas ou pedrinhas agarradas à ferida com uma pinça esterilizada;
  2. Se a ferida tiver terra ou areia, lavar com água durante pelo menos 20 minutos;
  3. Limpar a pele e aplicar uma compressa ou fazer uma atadura;
  4. Nos dias seguintes, examinar regularmente a ferida;
  5. Se surgirem dores fortes, inchaço e vermelhidão, pode ser sinal de infecção. Neste caso, deve-se consultar um médico.

Como Tratar Feridas Causadas por Objetos Perfurantes

  1. Lavar a ferida;
  2. Aplicar uma compressa;
  3. Se o objeto que provocou a ferida ficou enterrado, não se deve tentar retirá-lo, mas sim enrolar uma atadura;
  4. Consultar um médido.

As feridas provocadas por pregos, agulhas, vidros e outros objetos cortantes ou pontiagudos podem parecer insignificantes à primeira vista, mas implica riscos de lesões internas graves. Além disso, podem introduzir sujeira e microorganismos à grande profundidade, provocando uma infecção que pode se alastrar por debaixo da pele.

Dicas Gerais para Tratar Cortes e Feridas

  • Recorrer aos serviços de emergência de um hospital no caso de uma ferida aberta que precise ser suturada ou de feridas causadas por um objeto perfurante, mordidas, acidentes automobilísticos ou de trabalho, pois representam um risco potencial de tétano;
  • Nos casos de queimaduras leves em que a pele não se rompeu, a limpeza do local é feita com água e sabão, de modo suave. Não estourar as bolhas, nem usar produtos ou substância não esterilizadas. As queimaduras mais graves devem ser avaliadas por um médico;
  • Evitar usar álcool ou iodo em feridas abertas sem indicação do médico, uma vez que esses produtos podem irritar a lesão e piorar a inflamação;
  • É importante manter a ferida sempre limpa e protegida com um curativo;
  • Os curativos em escoriações ou lesões úmidas devem ser feitos somente com curativo não aderente como o Band-Aid, para evitar que o mesmo grude na ferida e cause nova lesão quando for ser retirado;
  • Nunca usar fita adesiva diretamente na lesão;
  • Não lamber as feridas, uma vez que as bactérias presentes na saliva podem contaminar e infeccionar a lesão;
  • Procurar um hospital para tomar a vacina contra o tétano, se não for vacinado ou tiver tomado a última dose há menos de 10 anos.