Ginseng: saiba para que serve e conheça o seus incríveis benefícios

O ginseng é uma planta medicinal de origem asiática que serve como tônico para prevenir o estresse e a fadiga física e mental, com benefícios para a circulação sanguínea e o sistema nervoso. Em outras palavras, o ginseng melhora o desempenho do corpo e da mente, melhorando assim o bem estar geral, o raciocínio, a concentração, a memória e a resistência física, além de combater o estresse, o esgotamento físico e mental, a insônia e a irritabilidade.

Ginseng: saiba para que serve e conheça o seus incríveis benefícios

Das 3 espécies conhecidas da planta, o Panax ginseng (ginseng coreano) é a mais estudada e comercializada. A raiz do ginseng pode ser mascada ou triturada para se obter um pó, podendo ser consumida em cápsulas ou sob a forma de chá.

O princípio ativo do ginseng são as saponinas, também chamadas de ginsenosídeos. Além desses compostos, o ginseng possui vitaminas A, B, C e E e minerais como cálcio, ferro e fósforo.

Maior adaptação ao estresse

A raiz do ginseng tem propriedades adaptogênicas, ou seja, aumenta a adaptação do organismo ao estresse, bem como a sua capacidade de defesa contra agressores externos, sejam eles físicos ou mentais. Por isso o ginseng é capaz de aumentar a resistência ao estresse, combater a fadiga provocada por esforços físicos ou mentais, além de normalizar o equilíbrio do organismo diante de doenças.

Melhor desempenho nos treinos

Ginseng: saiba para que serve e conheça o seus incríveis benefícios

Estudos demonstraram que o ginseng pode melhorar a performance nos exercícios físicos, aumentando a resistência e a capacidade física. O esgotamento de energia em pessoas que tomam ginseng antes do treino é menor do que naquelas que não tomam.

Isso porque o ginseng aumenta a oxigenação muscular e interfere no metabolismo da gordura e dos carboidratos. O uso de ginseng antes da atividade física aumenta a quantidade de oxigênio no sangue, além de aumentar o uso de gordura corporal como fonte de energia, mantendo estáveis os níveis de glicose (açúcar) no sangue, no músculo e no fígado.

Resultado: mais energia para o músculo executar o esforço, melhor desempenho físico e melhor recuperação após o treino.

Melhor fluxo sanguíneo

O uso de ginseng melhora o fluxo sanguíneo cerebral em idosos e pessoas com arteriosclerose (endurecimento da parede da artéria).

Combate à depressão

Ginseng: saiba para que serve e conheça o seus incríveis benefícios

O ginseng pode diminuir os sintomas da depressão, pois reduz o efeito depressor de algumas substâncias, ao mesmo tempo que aumenta o transporte de outras que combatem o estado depressivo, como o aminoácido fenilalanina.

Organismo mais resistente

Em estudos feitos com ratos, o ginseng aumentou a resistência dos animais a agentes químicos e bactérias, melhorando a capacidade de resposta a agressões tóxicas e biológicas de um modo geral.

Plantas adaptogênicas, como o ginseng, aumentam não só a capacidade de trabalho do corpo (ação estimulante), como também a resistência do organismo (ação tônica).

Tais propriedades são devidas à ação do ginseng sobre o a secreção de hormônios que agem sobre o sistema nervoso central.

Maior produtividade nos estudos e no trabalho

Ginseng: saiba para que serve e conheça o seus incríveis benefícios

Estudos feitos com humanos revelaram que o ginseng pode melhorar a memória, os reflexos e a capacidade de reação, diminuindo o número de erros em atividades que exigem concentração.

Contraindicações do ginseng

O ginseng não é indicado para diabéticos, gestantes e indivíduos que sofram de doenças cardíacas. Uso nesses casos deve ser feito apenas sob supervisão médica. Recomenda-se também que o ginseng seja usado por um período máximo de 3 meses.

Efeitos colaterais do ginseng

O ginseng pode diminuir os níveis de açúcar no sangue. Fora isso, os efeitos colaterais surgem apenas se forem consumidas doses elevadas, o que pode causar nervosismo, hipertensão, erupções na pele, insônia e diarreia.