Inconsciência - Primeiros Socorros

Como ajudar uma pessoa que perde a consciência

Há três casos de inconsciência, sendo que a vítima pode passar pelas três ou fixar-se apenas em uma Sonolência, em que a vitima pode ser facilmente chamada à consciência durante alguns instantes, mas depois regressa a um estado semelhante ao sono. A vítima pode ser capaz de dar respostas com razoável coerência sobre o seu estado.

Estupor, em que a vítima não reage com facilidade às perguntas ou dá respostas incoerentes (ou não responde) às perguntas que lhe são feitas.

Coma, em que a vítima não pode ser chamada à consciência e permanece imóvel e silenciosa. Uma pessoa que tenha perdido a consciência corre o risco de morrer sufocada se ficar deitada de costas. Nesta posição, os vômitos, o sangue ou a saliva podem obstruir a entrada da traquéia e bloquear as vias respiratórias. Os reflexos normais não funcionam bem quando as pessoas perdem a consciência elas não tossem nem mudam de posição, como acontece automaticamente quando estamos dormindo.

Não mexa na vítima mais do que o necessário; se ela estiver respirando normalmente, coloque-a na posição lateral de segurança imediatamente, a não ser que suspeite de fratura da coluna vertebral ou do pescoço. Se este for o caso, não a mova, mas segure-lhe o queixo para a frente, de modo que a respiração não fique obstruída. Permaneça junto da vitima para o caso de a respiração parar e peça a alguém que chame uma ambulância.

Se a vítima parar de respirar comece imediatamente a respiração artificial. Se a respiração não recomeçar, veja se o pulso bate. Se o coração da vítima tiver deixado de bater e você tiver aprendido a fazer a massagem cardíaca externa com um instrutor de primeiros socorros aplique-a, pois pode salvar a vida da vítima. Logo que a respiração recomece, coloque a vítima na posição lateral de segurança, com a cabeça mais baixa do que o resto do corpo.

ATENÇÃO

Qualquer pessoa que tenha perdido a consciência, ainda que por muito pouco tempo, deve receber tratamento médico imediato.