Intoxicação Alimentar: Como tratar?

O tratamento da intoxicação alimentar é feito através da ingestão de líquido e repouso. Medicamentos para controlar os vômitos e a administração de soro por via endovenosa são indicados nos casos onde há muita perda de líquidos com risco de desidratação.

Quando a intoxicação tem origem numa infecção alimentar bacteriana, o tratamento é feito com antibióticos.

Além disso, outros cuidados que devem ser observados no tratamento da intoxicação alimentar:

  • Não comer alimentos sólidos se estiver com diarréia;
  • Evitar ingerir produtos laticínios pois podem intensificar a diarréia;
  • Ingerir bastante água, mas de forma lenta, com poucos goles de cada vez;
  • O soro caseiro é uma ótima maneira de repor os eletrólitos perdidos com os vômitos e diarréia. Para prepará-lo, basta adicionar duas colheres de sopa rasas de açúcar, uma colher de café rasa de sal  em 1 litro de água filtrada ou fervida.

Alguns casos mais graves de intoxicação alimentar requerem uma lavagem ao estômago. A maioria das pessoas com intoxicação alimentar recuperam dentro de 12 a 48 horas.

Sintomas de Intoxicação Alimentar

  • Náuseas;
  • Vômitos;
  • Diarréia;
  • Febre;
  • Dores abdominais;
  • Cólicas;
  • Mal-estar geral.

Complicações menos comuns e mais graves podem ocorrer em alguns tipos específicos de intoxicação alimentar, como a artrite e a pericardite nas intoxicações por Salmonella, hemorragias por E. coli, distúrbios do sistema nervoso, insuficiência respiratória, dificuldade em falar e até morte nos casos de botulismo.