O Uso da Ventosa na Acupuntura

O uso de ventosas como forma de terapia (ventosaterapia) tem como base a acupuntura e os seus respectivos pontos e meridianos, produzindo efeitos reflexos quando aplicada sobre os mesmos. O objetivo do tratamento é limpar o organismo através da eliminação de células doentes e toxinas do sangue, estimulando a circulação e trocas gasosas.

Como Funciona o Tratamento com Ventosas na Acupuntura?

As ventosas são aquecidas antes de serem colocadas numa determinada região do corpo ou então retira-se o ar de dentro delas quando são posicionadas na pele, criando assim o vácuo responsável pela sucção.

A sucção abre os capilares (vasos sanguíneos muito pequenos) e os poros, a circulação sanguínea é ativada, ocorrem trocas gasosas e o sangue é oxigenado. Estes processos removem as toxinas e as células doentes do sangue, promovendo uma limpeza do corpo.

As ventosas são aplicadas sobre as agulhas de acupuntura espetadas na pele, potencializando as propriedades terapêuticas umas das outras. O tempo de aplicação das ventosas é de 5 a 15 minutos.

Benefícios e Efeitos das Ventosas na Acupuntura

  • Aumenta o nível de cálcio do sangue;
  • Estimula a produção de hormônios;
  • Acelera a digestão;
  • Combate o nervosismo e alivia o estresse;
  • Melhora a aparência de cicatrizes;
  • Fortalece os vasos sanguíneos;
  • Facilita as trocas gasosas;
  • Regula o pH sanguíneo, deixando-o ligeiramente mais ácido;
  • Aumenta o tempo de vida dos glóbulos vermelhos e elimina os doentes;
  • Elimina toxinas;
  • Combate a retenção de líquidos.

Indicações do uso de Ventosas na Acupuntura

  • Dores, tensões e contraturas musculares;
  • Má circulação;
  • Tratamento da celulite e gordura localizada;
  • Lombalgias;
  • Dor abdominal;
  • Hipertensão arterial;
  • Nervosismo, estresse e ansiedade;
  • Bronquite, enfisema pulmonar e asma;
  • Febre, intoxicações;
  • Gripe, resfriado, alergias;
  • Formigamento ou dormência nos membros superiores e inferiores;
  • Dores de cabeça.

Contraindicações das Ventosas na Acupuntura

  • Febre alta;
  • Convulsões;
  • Região abdominal e lombar em grávidas;
  • Dermatites, psoríase, micoses;
  • Cortes e ferimentos recentes;
  • Insuficiência cardíaca;
  • Osteoporose.