Obesidade Infantil: Causas e Tratamento

A obesidade infantil é caracterizada pelo excessivo acúmulo de gordura corporal em crianças, resultando em excesso de peso que pode provocar o aparecimento de doenças como diabetes, problemas cardíacos e má formação do esqueleto. Atualmente, a obesidade infantil no Brasil atinge cerca de 10% das crianças e tem aumentado significativamente nos últimos 15 anos.

Causas de Obesidade Infantil

  • Maus hábitos alimentares: Muitas vezes as crianças obesas não comem muita comida, mas, sim, alimentos de alto valor calórico que não precisam ser ingeridos em grandes quantidades para provocar aumento de peso;
  • Falta de exercícios físicos: O estilo de vida sedentário favorecido pelos equipamentos eletrônicos e pela falta de estímulos para fazer atividades físicas é um fator preocupante para o desenvolvimento da obesidade infantil;
  • Distúrbios psicológicos: Por trás de uma criança obesa poderá sempre existir um problema psicológico, que é agravado ainda mais quando ela se sente excluída devido à sua condição e passa a se refugiar na alimentação;
  • Fatores genéticos: A criança que tem pais obesos corre o risco de também se tornar obesa, não só pelos fatores genéticos mas também por seguir os maus hábitos alimentares dos pais;
  • Fatores hormonais: Variações hormonais como excesso de insulina, deficiência do hormônio de crescimento ou excesso de hidrocortizona podem influenciar a obesidade infantil.

Tratamento da Obesidade Infantil

  • Consultar um nutricionista para que seja prescrita uma dieta para a criança emagrecer;
  • Seguir uma alimentação balanceada e saudável, rica em frutas, legumes e verduras;
  • Respeitar os horários das refeições e não deixar a criança comer doces e outras guloseimas nos intervalos entre elas;
  • Evitar alimentos gordurosos como batata-frita, hambúrguer e outras frituras, doces e refrigerantes;
  • Praticar atividades físicas.