Os 5 Tratamentos para Gagueira Mais Eficazes

Existem diversos tratamentos para gagueira, porém, os mais eficazes são aqueles que utilizam uma abordagem multidisciplinar, incluindo fonoaudiólogo, psiquiatra, psicólogo, neurologista e otorrinolaringologista.

Confira as 5 melhores formas de tratar a gagueira:

  1. Tratamento para modificar a gagueira: Há vários tipos de tratamento que visam minimizar a gagueira, como falar mais devagar, regular a respiração, pronunciar as palavras por sílabas ou dizer frases mais longas e complexas. Diversas terapias também ajudam a controlar a ansiedade que os gagos sentem em algumas situações, como quando têm que falar ao telefone ou manter o contato visual, por exemplo;
  2. Tratamento para estimular a fluência da fala: Trata-se de técnicas voltadas para promover e facilitar a fluência, que também podem envolver a família, no caso das crianças, para ajudá-los a falar de forma mais suave e fluente;
  3. Medicamentos: Não existe um remédio específico para tratar a gagueira, mas alguns medicamentos atuam no sistema nervoso central e podem ajudar a diminuir a gagueira. No entanto, tais medicamentos podem ter efeitos colaterais significativos, o que torna fundamental o acompanhamento de um médico neurologista ou psiquiatra;
  4. Aparelhos eletrônicos: Existem alguns aparelhos eletrônicos específicos que podem auxiliar na melhora da fluência;
  5. Participação em grupos de apoio: Os grupos de apoio a pessoas que gaguejam podem ajudar o indivíduo a compreender melhor o seu problema, ao observar que há outras pessoas que convivem com a mesma dificuldade.

Embora nem todas as pessoas que gaguejam precisam de acompanhamento psicológico, ela é uma grande mais valia nos casos em que a gagueira interfere na vida afetiva, profissional e social do indivíduo, além de trazer prejuízos emocionais, como diminuição da autoestima ou ainda bullying.

Gagueira tem cura?

Ainda não existe nenhum tratamento capaz de curar completamente a gagueira, de maneira que a pessoa pare de gaguejar a 100%, sem ter que tomar nenhum cuidado com sua fala.

Os tratamentos podem diminuir significativamente a gagueira, mas alguns resquícios, mesmo que pouco perceptíveis, podem persistir.