Pistache: descubra 10 benefícios que ele pode trazer à sua saúde

O pistache é uma semente oleaginosa, rica em gorduras saudáveis que trazem diversos benefícios à saúde, principalmente ao coração. Fonte de vitaminas A, B e E, fósforo, cálcio, selênio, potássio, magnésio, cobre, fibras e proteínas, o pistache contribui para o bom funcionamento de diversas funções do organismo, desde a manutenção da massa muscular ao alívio dos sintomas da TPM.

Pistache: descubra 10 benefícios que ele pode trazer à sua saúde

Sua ação antioxidante ajuda a prevenir diversas doenças, inclusive alguns tipos de câncer, além de combater o envelhecimento precoce da pele. Além disso, apesar das calorias e da grande quantidade de gorduras, o pistache tem propriedades que ajudam a emagrecer.

Confira 10 fantásticos benefícios do pistache para a saúde:

Protege contra os radicais livres

Os radicais livres são moléculas instáveis que circulam pelo corpo e danificam as células. A ação nociva dos radicais livres está associada ao desenvolvimento de doenças cardiovasculares, câncer, processos inflamatórios e degenerativos, além de envelhecimento precoce.

O pistache contém betacaroteno (pró-vitamina A), vitamina E, selênio, polifenóis (taninos) e luteína, poderosos antioxidantes que protegem o corpo contra essas moléculas e ajudam a prevenir as doenças e os males relacionados com os seus efeitos prejudiciais ao organismo.

Previne doenças da visão

Os antioxidantes luteína, zeaxantina e betacaroteno também podem reduzir o risco de algumas doenças oculares como degeneração macular e catarata, que podem causar cegueira.

Bom para o coração

O pistache é rico em gorduras monoinsaturadas e poli-insaturadas, como os ômegas 6 e 9. Essas gorduras são boas para a saúde do coração, pois diminuem os triglicerídeos e o mau colesterol (HDL) e aumentam o bom colesterol (HDL).

Os ômegas 6 e 9 também diminuem a rigidez das artérias e podem baixar a pressão sanguínea, auxiliando o controle da hipertensão arterial.

Assim, o pistache ajuda a prevenir o entupimento das artérias e a pressão alta, diminuindo o risco de infarto.

Ajuda a emagrecer

Baixo índice glicêmico

Graças aos seus carboidratos complexos e às boas doses de fibras, o pistache possui baixo índice glicêmico. Isso significa que ele liberta o açúcar lentamente na corrente sanguínea, evitando assim picos de glicemia que estimulam o corpo a acumular gordura e fazem a pessoa sentir fome em pouco tempo.

Saciedade

Por ser rico emgorduras, proteínas e fibras e ter baixo índice glicêmico, o pistache é digerido lentamente e promove saciedade, por isso é ideal para ser consumido nos lanches entre as refeições.

Processos inflamatórios

Os ácidos graxos ômega 6 e ômega 9 combatem processos inflamatórios que prejudicam o emagrecimento. Quanto menos inflamado estiver o corpo, melhor a resposta do organismo ao processo de perda de peso.

Isso tudo faz do pistache um bom alimento para ser incluído nas dietas para emagrecer, sendo inclusive indicado para quem tem diabetes.

Atenção às calorias!

Apesar de contribuir para o processo de emagrecimento, o pistache não deixa de ser um alimento calórico, com cerca de 570 calorias em cada 100 gramas. Por isso, a quantidade máxima indicada é de 30 gramas por dia, o equivalente a 1 xícara de chá. Lembrando que o pistache cozido ou torrado tem ainda mais polifenóis.

Também é importante lembrar que o pistache deve ser consumido preferencialmente in natura, cozido ou torrado, já que a versão industrializada, vendida como aperitivo, costuma vir com sal adicionado.

Combate a prisão de ventre

O pistache tem boas quantidades de fibras, que favorecem o funcionamento do intestino e ainda ajudam a baixar os níveis de colesterol.

Favorece o ganho de massa muscular

O pistache tem cerca de 21% de proteínas em sua composição. As proteínas fornecem os aminoácidos essenciais necessários para a manutenção dos músculos e para o aumento de massa muscular.

Fonte de selênio e zinco

O selênio e o zinco são excelentes antioxidantes e ajudam a prevenir doenças cardiovasculares, envelhecimento precoce e alguns tipo de câncer. O selênio ainda fortalece o sistema imunológico e ajuda a equilibrar a produção hormonal da tireoide.

Ao neutralizar os radicais livres, o selênio também protege as células nervosas do cérebro, podendo prevenir doenças neurodegenerativas relacionadas com a idade.

Melhora os sintomas da TPM

O magnésio desempenha um papel importante na diminuição do cansaço mental, da depressão e da irritabilidade, o que faz do pistache um bom aliado para aliviar os sintomas da TPM.

Reduz o risco de diabetes

O consumo regular de pistache diminui as chances da pessoa desenvolver desenvolver diabetes tipo 2 devido ao seu efeito sobre o nível de glicose sanguínea e insulina.

Deixa a pele mais bonita

O betacaroteno (pró-vitamina A) protege a pele contra os raios solares. Além disso, a grande quantidade de oxidantes presentes no pistache combate o envelhecimento cutâneo e tem efeito rejuvenescedor.