Remédio Caseiro para Rinite Alérgica

A lavagem nasal com com soro fisiológico é um bom remédio caseiro para rinite alérgica pois alivia a coceira do nariz e ajuda no controle da rinite alérgica crônica, auxiliando o seu tratamento.

Como Fazer:

  1. Colocar o soro dentro de um bule ou de uma ducha nasal;
  2. Introduzir o bico em uma das narinas;
  3. Inclinar um pouco o tronco para frente e deixar que a água saia naturalmente pela narina oposta;
  4. Respirar normalmente pela boca durante o procedimento;
  5. Repetir o procedimento no lado oposto oposta;
  6. Assoar vigorosamente o nariz após a lavagem, sem tapar nenhuma das narinas.

O soro pode ser comprado nas farmácias ou feito em casa, adicionando uma colher (chá) rasa de sal em 1 copo de água.

Chá de Alcaçuz para Rinite Alérgica

Ingredientes:

  • Meia colher de chá de raiz de alcaçuz triturada;
  • 1 xícara de chá de água.

Modo de preparo:

  1. Adicionar a alcaçuz na água e ferver durante 5 minutos;
  2. Abafar e esperar esfriar;
  3. Coar.

Como tomar: Uma xícara, 3 vezes ao dia, após as refeições.

O chá de alcaçuz possui polissacarídeos e saponinas, compostos que estimulam as células do sistema imunológico e que têm propriedades anti-inflamatórias, o que faz deste chá um bom remédio caseiro para rinite alérgica.

Contraindicações: Diabetes, insuficiência renal, cirrose hepática, baixa de potássio no sangue, grávidas e lactentes.

Tratamento Natural da Rinite Alérgica

Além dos remédios caseiros, o tratamento natural da rinite alérgica também inclui medidas para evitar o contato com os alérgenos:

  • Combater o mofo e a umidade;
  • Manter os ambientes bem ventilados;
  • Evitar bichos de pelúcia e animais de pelo e pena;
  • Evitar tapetes, carpetes, cortinas, estante de livros e almofadas grandes no quarto;
  • Dar preferência a pisos laváveis e cortinas do tipo persianas ou feitas com material que possa ser limpo com pano úmido;
  • Não posicionar camas e berços junto à parede;
  • Dar preferência a travesseiros de espuma envoltos em napa;
  • Encapar o colchão com um material que possa ser limpo com pano úmido;
  • Evitar usar vassouras e espanadores de pó;
  • Passar um pano úmido no chão do quarto, pelo menos duas vezes ao dia;
  • Evitar desinfetante e produtos de limpeza com odor forte.