Sapinho na Boca

Sapinho é o nome popular da Candidíase oral, uma infecção bucal causada por fungos que pode afetar pessoas de todas as idades, mas que acomete principalmente aquelas que apresentam imunidade baixa.

Portadores de HIV, Síndrome de Down, transplantados renais, diabéticos, pessoas com prótese dentária, entre outros, estão entre os mais afetados. O uso prolongado de antibióticos também pode favorecer o aparecimento da Candidíase oral.

Sintomas do Sapinho na boca

Quando acomete bebês e crianças pequenas, a Candidíase oral provoca poucos sintomas e é restrita. Em adultos, os seus sintomas mais característicos são o aparecimento de placas esbranquiçadas de aspecto cremoso na língua, parte de dentro das bochechas e no céu da boca. A pessoa queixa-se de ardência, tem mais dificuldade em sentir o sabor dos alimentos e fica com a sensação de que tem algodão na boca.

Nos indivíduos com o sistema imunológico fragilizado, o sapinho pode cobrir quase toda a superfície da boca, língua, podendo atingir o esôfago. Nesses casos, a pessoa sente dificuldade e dor ao engolir.

Tratamento do Sapinho na boca

O sapinho na boca tem cura. O seu tratamento consiste na administração de medicamentos antifúngicos que podem ser aplicados diretamente sobre as lesões ou tomados oralmente na forma de comprimidos.

Os que usam dentadura devem se prevenir através da higiene adequada da prótese dentária, ter bons hábitos alimentares e cuidado com o tempo de uso.

Juntamente com os antifúngicos, os médicos costumam também recomendar o uso de suplementos alimentares de vitaminas e sais minerais, uma vez que a maioria das pessoas com problemas crônicos de fungos apresentam também deficiências nutricionais.

Sapinho na boca do Bebê

O sapinho na boca do bebê e crianças pequenas é comum e nesses casos não está propriamente relacionado com nenhuma doença do sistema imunológico.