Sintomas da Rinite Alérgica

Os sintomas que caracterizam a rinite alérgica incluem corrimento e congestão nasal, coceira no nariz, nos olhos e no céu da boca, espirros, lacrimejamento e olheiras.

Sem um tratamento adequado ou se a pessoa continuar exposta ao alérgeno que desencadeia a crise, outros sintomas podem surgir, como:

  • Tosse;
  • Febre;
  • Sinusite;
  • Dor de garganta e de ouvido;
  • Falta de ar;
  • Dores de cabeça;
  • Alterações oculares;
  • Aumento das adenóides (carnes esponjosas);
  • Rouquidão;
  • Diminuição do paladar e do olfato.

Tipos de Rinite Alérgica

De acordo com a frequência dos sintomas, a rinite alérgica pode ser classificada como:

  • Sazonal: Os sintomas se manifestam apenas em determinadas épocas do ano;
  • Perene: Ocorre durante todo o ano;
  • Circunstancial: Sintomas esporádicos na presença dos alérgenos;
  • Ocupacional: O sintomas aparecem nos dias de trabalho, melhorando nos fins de semana e feriados.

Tratamento da Rinite Alérgica

O primeiro passo no tratamento da rinite alérgica é evitar o contato com os alérgenos, através de algumas medidas:

  • Combater o mofo e a umidade;
  • Manter os ambientes ventilados;
  • Evitar bichos de pelúcia e animais de pelo e pena.

A lavagem nasal com solução salina é outra medida que pode ajudar no controle da rinite alérgica crônica.

​Contudo, nem sempre é possível manter-se completamente afastado dos alérgenos e muitas vezes o uso de medicamentos é necessário.

Medicamentos para Rinite Alérgica

O objetivo do tratamento farmacológico da rinite alérgica tem como objetivo prevenir ou aliviar os sintomas. Alguns dos medicamentos utilizados:

  • Anti-histamínicos sedativos e não sedativos;
  • Corticosteroides;
  • Antileucotrienos;
  • Descongestionantes nasais e orais;
  • Cromoglicato dissódico.