Sintomas e Tratamento da Escoliose

A escoliose é uma curvatura anormal da coluna vertebral que pode atingir a coluna lombar, torácica e cervical, que se caracteriza pelos seguintes sinais e sintomas:

  • Coluna vertebral curvada para os lados, em forma de "C" ou "S";
  • Ombros desnivelados (um ombro mais alto que o outro);
  • Ombro que se projeta mais à frente que o do lado oposto;
  • Ter um lado do quadril mais alto ou mais à frente que o lado oposto;
  • Tronco inclinado para um lado;
  • Membros inferiores que parecem ter tamanhos diferentes;
  • Geralmente só provoca dor na fase adulta.

Na escoliose, além de se curvar para os lados, a coluna também sofre uma torção e inclina-se para frente e para trás, aumentando a curvatura natural da coluna lombar (lordose) e torácica (cifose). Em outras palavras, a pessoa pode ficar mais "corcunda" e com o quadril "empinado" para trás.

Tratamento da Escoliose

O tratamento da escoliose depende de diversos fatores como o grau e tipo de curvatura, idade da pessoa, flexibilidade, causas, entre outros.

Quanto mais cedo a escoliose for diagnosticada, melhor será a resposta ao tratamento e menores as chances do indivíduo desenvolver deformidades que só poderão ser melhoradas através de cirurgia.

O tratamento convencional da escoliose inclui fisioterapia, exercícios de fortalecimento muscular, uso de coletes, palmilhas posturais e cirurgia.

É importante o acompanhamento médico durante o período de tratamento para verificar se há evolução ou não da curvatura provocada pela escoliose.

Tratamento Fisioterapêutico da Escoliose

A RPG (Reeducação Postural Global) é o tratamento fisioterapêutico mais indicado para escoliose pois trabalha com alongamentos de cadeias musculares, trazendo ótimos resultados na correção de problemas posturais.

Cirurgia para Escoliose

A cirurgia tem como objetivo melhorar a estética e interromper a evolução da escoliose e só é indicada em casos específicos. As vértebras são fixadas na posição desejada, corrigindo a curva e evitando a piora do quadro. Geralmente a pessoa recebe alta em menos de uma semana.