Tratamento Caseiro para Boca Seca

O tratamento caseiro para boca seca consiste numa série de medidas que estimulam a produção de saliva naturalmente. Algumas delas:

  • Consumir alimentos que estimulam a produção de saliva e refrescam o hálito, como rúcula, agrião, aspargos, jiló, salsão, hortelã, maçã, pêra;
  • Mastigar bem os alimentos, pois favorece a produção de saliva e a digestão, ajudando a aliviar a boca seca;
  • Aumentar a ingestão diária de líquidos (sem açúcar), principalmente água, chá de hortelã, chá de erva-doce, chá de boldo, chá de carqueja;
  • Não fumar, diminuir a ingestão de bebidas alcoólicas e não usar drogas, pois o tabagismo, o álcool e as drogas tendem a agravar os quadros de boca seca;
  • Evitar bebidas com cafeína, como café, alguns chás e determinados refrigerantes, pois também podem deixar a boca seca;
  • Mascar gomas sem açúcar ou chupar balas duras sem açúcar para estimular o fluxo de saliva, desde que haja alguma glândula salivar funcionando;
  • Reduzir o consumo de alimentos condimentados ou salgados;
  • Utilizar um hidratante bucal no quarto, durante a noite.

O tratamento caseiro para boca seca ajuda apenas a aliviar os sintomas, pois a única forma de curar definitivamente a boca seca é tratando a sua causa.

A boca seca (xerostomia) é causada por uma produção de saliva insuficiente para manter a boca úmida, o que pode trazer problemas para a saúde, uma vez que a saliva atua na digestão dos alimentos, protege os dentes das cáries, previne infecções e torna possível a mastigação e a deglutição.

Qualquer pessoa pode ter a boca seca de vez em quando, como acontece, por exemplo, em momentos de ansiedade e nervosismo.

Porém, se a boca seca persiste por muito tempo, pode indicar algum problema na produção de saliva, que caracteriza-se pelos seguintes sintomas:

  • Boca seca e pegajosa;
  • Dificuldade para engolir os alimentos;
  • Sensação de queimação na língua;
  • Sensação de garganta seca;
  • Lábios rachados;
  • Diminuição do paladar ou presença de um gosto metálico na boca;
  • Feridas na boca;
  • Mau hálito frequente;
  • Dificuldade para mastigar e falar.