Tratamento para Rinite Alérgica

O tratamento da rinite alérgica é feito através de medidas de controle ambiental para evitar o contato com os alérgenos, medicamentos para prevenir ou aliviar os sintomas e ainda vacina ou imunoterapia para prevenir novas crises.

Tratamento Medicamentoso da Rinite Alérgica

Os remédios mais usados no tratamento da rinite alérgica são:

  • Anti-histamínicos orais e intranasais: Melhoram os espirros, a coceira e a coriza, mas são pouco eficazes no alívio da congestão nasal. Os chamados anti-histamínicos de 1ª geração, como a hidroxizina e a dextroclorfeniramina, têm como principal efeito colateral a sonolência. Já os mais novos provocam menos efeitos colaterais e são chamados de segunda geração. Loratadina, cetirizina, le​vocabastina, azelastina, são alguns deles;
  • Corticosteroides intranasais: Reduzem a inflamação da mucosa nasal, melhorando a congestão nasal, a coceira, os espirros e a coriza, sendo geralmente usados no tratamento da rinite alérgica persistente. Diproprionato de beclometasona, budesonida, propionato de fluticasona e fluroato de mometasona são alguns exemplos;
  • Antileucotrienos: Aliviam a inflamação. O montelucaste é um medicamento desta classe disponível no Brasil;
  • Descongestionantes nasais e orais: O descongestionante oral mais utilizado é pseudoefedrina, usado muitas vezes em associação com anti-histamínicos. Dentre os descongestionantes intranasais destacam-se a efedrina, fenilefrina, nafazolina e fenoxazolina;
  • Cromoglicato dissódico: Sua eficácia é pouco significativa, mas é uma opção para quem está usando corticosteroides há muito tempo;
  • Vacina: Na imunoterapia são injetadas pequenas doses do alérgeno com o objetivo de acostumar o organismo e diminuir a resposta do mesmo quando estiver exposto ao alérgeno. O tratamento dura alguns anos e não deve ser interrompido.

Tratamento Natural da Rinite Alérgica

O tratamento não medicamentoso da rinite alérgica consiste em medidas de controle do ambiente para evitar o contacto com os alérgenos. Algumas delas:

  • O quarto de dormir deve ser preferentemente bem ventilado e ensolarado;
  • Dar preferência a travesseiro e colchão de espuma, fibra ou látex envoltos em material plástico ou em capas impermeáveis aos ácaros​. Evitar colchão e travesseiro de paina ou pena;
  • Limpar o estrado da cama duas vezes por mês;
  • Evitar tapetes, carpetes, cortinas e almofadões;
  • Dar preferência a pisos laváveis como os de cerâmica, vinil e madeira, além de cortinas do tipo persianas ou de material que possa ser limpo com pano úmido;
  • Não colocar camas e berços junto à parede;
  • Evitar bichos de pelúcia, estantes de livros, revistas e caixas de papelão no quarto de dormir, pois favorecem a proliferação de ácaros;
  • Combater o mofo e a umidade. A solução de ácido fênico entre 3% e 5% ou solução diluída de água sanitária podem ser aplicadas nos locais mofados, até que o problema fique resolvido definitivamente;
  • Evitar o uso de vassouras, espanadores e aspiradores de pó comuns;
  • Passar pano úmido diariamente na casa ou usar aspiradores de pó com filtros especiais 2 vezes por semana;
  • Evitar animais de pelo e pena;
  • Evitar usar inseticidas e produtos de limpeza com cheiro forte;
  • Evitar talcos, perfumes e desodorantes, principalmente na forma de spray;
  • Secar as roupas de cama e os cobertores ao sol ou com ar quente antes de usá-los;
  • Evitar banhos muito quentes.

Lavagem Nasal com Soro Fisiológico

A lavagem nasal com soro fisiológico é um bom remédio caseiro para rinite alérgica, aliviando a coceira e ajudando no controle da rinite alérgica crônica.

Como Fazer:

  1. Colocar o soro dentro de um bule ou de uma ducha nasal;
  2. Introduzir o bico em uma das narinas;
  3. Deixar a água sair naturalmente pela narina oposta;
  4. Respirar pela boca durante o procedimento;
  5. Repetir na narina oposta;
  6. Assoar o nariz pelas duas narinas após a lavagem.

Chá para Rinite Alérgica

  1. Ferver durante 5 minutos meia colher de chá de raiz de alcaçuz triturada em 1 xícara de chá de água;
  2. Deixar tapado, esperar esfriar e coar.

Como tomar: Uma xícara, 3 vezes ao dia, após as refeições.

O chá de alcaçuz possui substâncias que, além de serem anti-inflamatórias, estimulam as células de defesa do organismo, constituindo outra forma de tratamento caseiro da rinite alérgica.

Contraindicado em casos de diabetes, insuficiência renal, cirrose hepática, baixa de potássio no sangue, grávidas e lactentes.

Sintomas de Rinite Alérgica

  • Corrimento e congestão nasal;
  • Coceira no nariz, nos olhos e no céu da boca;
  • Espirros;
  • Lacrimejamento
  • Olheiras;
  • Tosse;
  • Febre;
  • Sinusite;
  • Rouquidão;
  • Dor de garganta, de ouvido e de cabeça;
  • Diminuição do paladar e do olfato.