Unhas Quebradiças

Unhas quebradiças e fracas que lascam constantemente podem ter diversas causas, desde falta de vitaminas a problemas na tireóide. O tratamento deve atuar sobre as causas e ter como objetivo fortalecer as unhas.

Tratamento Caseiro Para Unhas Quebradiças

  • Consumir alimentos ricos em vitamina A e D, proteínas, sais minerais e ingerir bastante água. Carne vermelha, castanha do pará, feijão, camarão, leite, cenoura, gema de ovo, ameixa e verduras escuras fazem parte desse grupo de alimentos;
  • Um bom tratamento caseiro é aplicar hidratante, cera para as unhas ou ainda óleos específicos como o de cravo da índia ou amêndoas doces para garantir a hidratação das unhas;
  • Deixar as unhas sem esmalte por um período ou pelo menos um dia da semana, para que a queratina (proteína da unha) não fique ressecada;
  • Usar base com formol, mas não aplicar muito próximo à cutícula para não causar dores;
  • Não utilizar acetona para remover o esmalte, mas sim os removedores.

Produtos para Fortalecer as Unhas

Alguns princípios ativos que devem estar presentes nos produtos fortalecedores das unhas:

  • D-pantenol: Fortalece as unhas fracas e quebradiças;
  • Queratina: É a proteína que compõe a unha e dá a sua consistência endurecida;
  • Methiosilane C: Promove a regeneração das unhas.

Vitaminas e Minerais para Fortalecer as Unhas

  • Biotina ou Vitamina H;
  • Vitamina B12;
  • Cisteína;
  • Vitamina B6;
  • Metionina;
  • Silício;
  • Zinco.

Causas de Unhas Quebradiças

  • Deficiências nutricionais como a falta de vitamina A, ferro ou zinco;
  • Dietas radicais que privam o organismo de nutrientes essenciais para manter as unhas fortes e saudáveis;
  • Hipo ou hipertireoidismo;
  • Traumas;
  • Má circulação;
  • Anemia;
  • Doenças de pele;
  • Diabetes;
  • Gravidez;
  • Manuseio de produtos químicos.

Alterações no organismo e deficiências nutricionais estão entre as principais causas de unhas quebradiças e, geralmente, quando as unhas estão fracas o cabelo também fica mais quebradiço e cresce menos. É preciso ter atenção aos sinais que o corpo dá para que possa ser dado a ele o que está faltando.